Províncias

Deficientes físicos e idosos com apoio do governo local

Luísa Victoriano | Malange

Um total de 14 cooperativas de deficientes físicos e de idosos beneficiaram, em Malange, de instrumentos profissionais, no âmbito do programa de criação de trabalho e rendimentos, levado a cabo pelo Ministério da Assistência e Reinserção Social (MINARS).

Várias cooperativas beneficiam de apoio diverso para melhorar o nível de vida dos idosos
Fotografia: Jornal de Angola

Um total de 14 cooperativas de deficientes físicos e de idosos beneficiaram, em Malange, de instrumentos profissionais, no âmbito do programa de criação de trabalho e rendimentos, levado a cabo pelo Ministério da Assistência e Reinserção Social (MINARS).
Os deficientes receberam ferramentas de serralharia, alfaiataria, carpintaria, agricultura, mecânica, moagem e recauchutagem.
O governador provincial de Malange, Boaventura da Silva Cardoso, que procedeu à entrega das ferramentas perofissionais, destacou a importância do acto e afirmou que o Executivo trabalha para garantir o crescimento sustentável das populações.  O governador provincial de Malange disse que o programa vai ser extensivo a todas as cooperativas municipais de deficientes físicos, para a sua melhor inserção social.
Apelou aos camponeses para cuidarem dos meios recebidos, de forma a renderem fundos para melhorar as suas condições de vida.
A directora provincial do MINARS, Isabel Roque, disse que já foram entregues aos repatriados, deficientes físicos, idosos e refugiados dos municípios do Quela, Kiwaba-Nzoji e de Cangandala, instrumentos de trabalho.
Os deficientes contemplados foram seleccionados e formados pelo Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP).

Tempo

Multimédia