Províncias

Diálogo nas famílias deve ser permanente

Luisa Victoriano | Malange

O pastor da Igreja Metodista Sião, Luís Neto, defendeu, na cidade de Malanje, o reforço do diálogo familiar, para  a prevenção de condutas desviantes dos filhos e o resgate dos valores morais.

Vista parcial da cidade de Malanje onde decorrem acções para o resgate de valores morais
Fotografia: João Gomes |

O prelado falava durante uma palestra sobre o tema "O papel da família e particularmente dos pais na prevenção de condutas desviantes", no âmbito das comemorações do Dia Internacional da Família, assinalada  a 15 de Maio.
O pastor Luís Neto disse que os pais e encarregados de educação têm a missão  de educar, orientar e preparar os membros da família, para que  haja uma sociedade bem estruturada.
"A família é a base mais importante na formação  social, moral e espiritual da pessoa e uma família sadia e positiva tem mais hipóteses de fazer os seus membros felizes’’, sustentou.
Para o pastor, é importante que cada membro da família estabeleça laços de amizade, amor e união entre os seus, para poder reinar a paz familiar e atrair respeito mútuo. A chefe de departamento de políticas da família da Direcção Provincial da Família e Promoção da Mulher, Madalena Julião, pediu aos chefes de família  para desenvolverem mais esforços na condução e orientação de todos os membros, com realce para as crianças, adolescentes e jovens, tendo em vista o combate à problemática da delinquência juvenil nas comunidades da região.
De acordo com a responsável, a delinquência juvenil tem estado a tomar proporções alarmantes no seio familiar. Participaram na palestra membros do núcleo da Rede de Pais Pró-Mudança, Direcção   da Família e Promoção da Mulher, membros da referida congregação religiosa e convidados.

Tempo

Multimédia