Províncias

Directores e inspectores com mais conhecimentos

Manuel de Sousa | Malange

Directores de escolas, chefes de repartição e inspectores das províncias do Cunene, Lubango e Namibe participaram numa acção formativa, organizada pelo Instituto de Formação de Administração Local - IFAL.

A acção formativa foi organizada pelo Instituto de Formação da Administração Local
Fotografia: Jornal de Angola|

Directores de escolas, chefes de repartição e inspectores das províncias do Cunene, Lubango e Namibe participaram numa acção formativa, organizada pelo Instituto de Formação de Administração Local - IFAL.
Durante cinco dias, os participantes discutiram o perfil do director enquanto líder na gestão da escola, a liderança do director como um desafio para o ensino de qualidade, administração e gestão de conflitos na escola, gestão de património, sistematização e o preenchimento da ficha de avaliação.
O formador Afonso Nkuansambu disse que a escolha da cidade do Namibe teve a ver com o facto de ser uma das províncias que tem maior credibilidade no processo da reforma educativa. “Além da formação de agentes administrativos, o IFAL - Instituto de Formação de Administração Local também forma os professores, já que eles fazem parte do processo da administração local e o objectivo do Instituto de Administração é justamente a melhoria da qualidade da prestação de serviço do aparelho do Estado”.
Oliveira Gil, um dos directores que participou na acção formativa, garantiu que ela foi muito importante, uma vez que os conteúdos tratados são justamente aquilo que se faz diariamente na gestão escolar.
O director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia do Namibe, Pacheco Francisco, disse, ao discursar no encerramento do acto, que vários estudos têm demonstrado que o desempenho escolar não é determinado apenas pelo orçamento, mas principalmente pela eficiência da administração escolar, explicando o facto de alunos terem o mesmo desempenho, apesar de uma expressiva diferença no investimento.

Tempo

Multimédia