Províncias

Distribuídos milhares de mosquiteiros

Sónia Maria | Caculama

Mais de 50 mil mosquiteiros impregnados com insecticida de longa duração estão a ser distribuídos, desde a semana passada, no município de Caculama, 54 quilómetros da sede capital Malanje, no âmbito da campanha nacional de prevenção e combate à malária.

Além da fumigação e distribuição de mosquiteiros população é aconselhada a procurar os hospitais logo após os primeiros sintomas
Fotografia: Kindala Manuel | Edições Novembro

A campanha vai envolver 1.050 mobilizadores, que estão a fazer, porta-a-porta, o cadastramento e sensibilização das famílias dos 14 municípios da província de Malanje.
Para o êxito da campanha, 28 agentes de desenvolvimento comunitário e sanitário do município de Caculama participaram no último fim-de-semana numa acção formativa sobre as medidas básicas do uso correcto da rede mosquiteira.
Além da distribuição de mosquiteiros impregnados, que vai abranger as comunas de Muquixi e Caxinga, vão ser desenvolvidas igualmente acções de fumigação e palestras, visando reforçar as medidas de combate à malária.
O chefe de equipa epidemiológica do Programa de Serviço Internacional para a População (PSI), Ferreira dos Santos, sublinhou que os mosquiteiros são entregues, principalmente, às mulheres grávidas e crianças menores de cinco anos, para reduzir os casos e mortes por malária, que constitue uma das principais causas de mortalidade na região. Ferreira dos Santos explicou que a fumigação está a ser efectuada pelos activistas, no interior das residências da região.
O responsável afirmou que a PSI tem, em parceria com o Ministério da Saúde, proporcionado serviços que visam a melhoria de vida nas comunidades rurais, incluindo os municipalizados, um dos principais objectivos da parceria. O chefe de equipa epidemiológica da PSI reconhece que a unidade de coordenação do projecto de reforço dos serviços de distribuição de mosquiteiros vai ajudar no combate do mosquito causador da malária, com acções de fumigação.
A população agradeceu às autoridades sanitárias pela intensificação de programas de sensibilização nas localidades recônditas, impulsionando deste modo o combate à malária.
A campanha nacional de distribuição de mosquiteiros foi lançada oficialmente no passado dia 16, na cidade de Malanje, e prevê distribuir 600 mil redes mosquiteiras. O projecto é financiado pelos Estados Unidos da América e está avaliado em mais de 60 milhões de dólares.

Tempo

Multimédia