Províncias

Época agrícola abre em Malange

Venâncio Victor| Malange

O governador de Malange, Boaventura Cardoso, procedeu, no último fim-de-semana, no município de Kambundi Katembo, à abertura oficial da campanha agrícola 2010/2011.

Camponeses vão ser apoiados para aumentar a produção visando o combate à fome
Fotografia: Dombele Bernardo

O governador de Malange, Boaventura Cardoso, procedeu, no último fim-de-semana, no município de Kambundi Katembo, à abertura oficial da campanha agrícola 2010/2011.
Durante o lançamento da campanha, que decorreu na fazenda do Cubango, comuna do Tala Mungongo, o responsável considerou Kamundi Katembo uma região potencialmente agrícola, com particular realce para o cultivo do arroz.
De acordo com Boaventura Cardoso, a pesca artesanal constitui igualmente uma das fontes de sobrevivência e da diversificação da dieta alimentar dos habitantes desta circunscrição da província de Malange.
Com vista a incentivar a produção do arroz, lembrou, o governo provincial de Malange distribuiu, através da direcção local do Ministério da Agricultura e de Desenvolvimento Rural (MINADER), quatro máquinas de descasque deste produto, que vão ser distribuídas pelos três municípios que compõe a região Songo, no caso, Luquembo, Quirima e Kambundi-Katembo.
Boaventura Cardoso frisou que o objectivo primordial do Executivo angolano é combater a fome e a pobreza, através da implementação de programas de âmbito nacional e provinciais, com vista a assegurar as necessidades alimentares das populações. "Só pode haver segurança alimentar caso as pessoas tenham acesso a alimentos seguros e nutritivos, que possam completar a sua dieta alimentar e garantir uma vida saudável".
A campanha agrícola de 2009/2010 foi satisfatória, apesar das calamidades naturais que afectaram alguns municípios da província, salientou o governador.
No período em referência, foram assistidas na província 100.500 famílias camponesas, agrupadas em 913 associações. Foram distribuídas sementes e instrumentos de trabalho e preparados mais de 139 hectares.

Governador defende fomento da agro-pecuária
 
Entretanto, na quinta-feira passada, o governador Boaventura Cardoso defendeu a necessidade de as autoridades administrativas do município do Quela, a Leste da cidade de Malange, desenvolverem acções que visem o desenvolvimento do sector agro-pecuário na região.
O governante, que falava durante o acto de apresentação do novo administrador do município, Tomás da Conceição, considerou que o município é potencialmente agrícola, sobretudo na cultura do algodão.
"Pretendemos que no âmbito da gestão municipal desta municipalidade seja prestada a devida atenção ao sector agro-pecuário e da agricultura, porque constitui a base de subsistência da população", disse Boaventura Cardoso.

Tempo

Multimédia