Províncias

Estradas de Malanje em reabilitação

Filipe Eduardo|Malange

As estradas da província de Malanje que se encontram em mau estado, vão ser reabilitadas, a­nunciou em Cacuso o ministro da Construção.Valdemar Pires Alexandre, fez este anúncio durante a inauguração da Estrada Nacional 322, que liga Cacuso a Calandula. Também entra em obras a via que liga a cidade de Malanje à comuna de Ngola Luíje.

Obras em curso em algumas vias da província de Malanje decorrem a bom ritmo e quando forem concluídas vão tornar mais cómoda a circulação
Fotografia: Dombele Bernardo

O ministro Valdemar Pires garantiu que vai ser igualmente privilegiada a reabilitação da estrada que liga a sede municipal de Cambundi Catembo à comuna de Quitapa e que serve de ligação à Lunda Sul, numa extensão de 100 quilómetros.
Vão ser retomadas as obras nas estradas cujos trabalhos se encontram paralisados, com realce para a via que liga Caculama à comuna de Sautar, passando pelas comunas Tala Mungongo e o sector de Mussolo (Cambundi Catembo).
Consta igualmente da lista de prioridades, a reabilitação do troço que liga o município de Calandula à comuna do Luinga, além das obras de manutenção e reabilitação de algumas pontes ao longo da via que liga a comuna do Lombe (Cacuso) a Calandula, na localidade do Luinga. Das pontes a reabilitar no itinerário, destaque para a ponte sobre o rio Lucala.
Ainda no município de Calandula, o titular da pasta da Construção anunciou a reabilitação da ponte sobre o rio Mucumbe, nas localidades de Cabaça Muhongo e Luinga. O ministro considerou que as obras em curso na estrada que liga Calandula a Massango decorrem a bom ritmo e quando ficarem concluídas vão facilitar a livre circulação de pessoas e bens, contribuindo para a melhoria das condições de vida das populações.
Valdemar Pires referiu que a estrada está asfaltada em quase toda a sua extensão e que neste momento as obras decorrem na localidade de Quiungo. Preocupado com o estado de degradação de algumas estradas na província de Malanje, o ministro defendeu a necessidade do reforço das brigadas do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA), para permitir a sua reabilitação e conservação, em colaboração com o Governo da Província. Valdemar Pires anunciou a adopção, em breve, de um novo modelo de conservação de estradas, estando apenas a aguardar a sua aprovação pela Comissão de Economia Real do Conselho de Ministros.
A melhoria do sector rodoviário, disse o ministro da Construção, constitui uma das políticas traçadas pelo sector, de forma a corresponder às expectativas criadas pelo Governo no âmbito do Plano Nacional de Desenvolvimento.

Tempo

Multimédia