Províncias

Estradas degradadas impedem circulação

Francisco Curihingana | Malange

Viajar actualmente de Malange para o município do Luquembo, 210 quilómetros a sul de Malange, é um verdadeiro martírio.

Viajar actualmente de Malange para o município do Luquembo, 210 quilómetros a sul de Malange, é um verdadeiro martírio.
As constantes chuvas que se abatem na região criaram enormes buracos na estrada, o que está a dificultar a circulação naquela região.
“O município do Luquembo é uma localidade onde as pessoas pensam que há muita água, mas a verdade é que se trata de um fenómeno sazonal. Nesta altura, enquanto estiver a chover muito, aquilo transforma-se em lagoas, o que faz com que as estradas, por mais obras que procuremos fazer, se não houver uma intervenção de fundo, com três meses de chuva transformam-se em buracos”, disse a administradora Rosa André.
A responsável sustentou que dentro de dois meses, assim que terminarem as chuvas, as entidades administrativas vão começar a reparar as estradas. “Estamos abertos a receber todo o tipo de projectos e apoios necessários para a região”, disse. A administradora Rosa André confirmou a paralisação das obras iniciadas em Dezembro do ano passado, altura em que as chuvas começaram a cair com intensidade na região.
As obras podem recomeçar já no próximo mês de Maio.

Tempo

Multimédia