Províncias

Estratégia para travar onda de desistências

O sector da educação no município de Caculama traçou para este ano lectivo várias estratégias para diminuir o índice de desistências de alunos.

O diálogo permanente com pais e encarregados de educação e visitas a casas dos alunos vão fazer parte da actividade normal dos professores e responsáveis das escolas. O director municipal da Educação, Paulo João Quissunga, quando procedia ao balanço das actividades desenvolvidas pelo seu pelouro durante o ano transacto, disse que durante o ano passado, 3.998 alunos do ensino geral desistiram das aulas por diversos motivos. O motivo principal foi a mudança de residência.

Tempo

Multimédia