Províncias

Estudantes de Caluia ganham escola primária

Venâncio Victor |Malanje

Os habitantes da localidade de Caluia, na comuna de Cambaxe, 30 quilómetros a oeste da sede capital da província de Malanje, vão beneficiar, no próximo ano lectivo, de uma nova escola do ensino primário.
A informação foi avançada ao Jornal de Angola por Manuel Vieira dos Santos, evangelista da Igreja Assembleia de Deus Pentecostal, durante o acto de entrega de bens alimentares e roupa usada, no âmbito das festividades de Natal naquela localidade.
Do leque de bens doados à população de Caluia destacam-se brinquedos e bens alimentícios, como fuba de milho, óleo alimentar, arroz, sumo e sal de cozinha.

Os habitantes da localidade de Caluia, na comuna de Cambaxe, 30 quilómetros a oeste da sede capital da província de Malanje, vão beneficiar, no próximo ano lectivo, de uma nova escola do ensino primário.
A informação foi avançada ao Jornal de Angola por Manuel Vieira dos Santos, evangelista da Igreja Assembleia de Deus Pentecostal, durante o acto de entrega de bens alimentares e roupa usada, no âmbito das festividades de Natal naquela localidade.
Do leque de bens doados à população de Caluia destacam-se brinquedos e bens alimentícios, como fuba de milho, óleo alimentar, arroz, sumo e sal de cozinha.
A localidade de Caluia carece de tudo um pouco, desde infra-estruturas, água potável e  vias de acesso por reabilitar. />Segundo apurou a nossa reportagem junto do responsável da Igreja Pentecostal em Angola, a localidade de Caluia conta apenas com uma escola primária de carácter provisório, mas que apresenta algumas fissuras. A nova escola, segundo ele, vai acolher alunos de outras aldeias que circundam o bairro. As aulas são leccionadas por apenas dois professores indicados pela direcção local do Ministério da Educação. 
A grande dificuldade da população tem a ver com a falta de uma unidade sanitária, pelo que as consultas são realizadas na sede da comuna de Cambaxe, a cerca de sete quilómetros da aldeia, segundo o soba José Lourenço. As patologias mais frequentes são a malária e doenças diarreicas agudas.

Tempo

Multimédia