Províncias

Exigida aos docentes do ensino primário mais responsabilidade

Venâncio Victor | Malanje

A responsabilidade da debilidade do sistema educativo recai principalmente  aos profissionais que lidam com o ensino primário, através dos quais depende a avaliação e consequente transição e reprevovação, considerou  no final de semana o vice-governador  de Malanje para o Sector Económico, Domingos Eduardo.

De acordo com o governante, o ensino de base constitui o alicerce firme para a edificação do sistema de ensino e aprendizagem, acrescentando que existe um perfil de entrada e saída para cada classe, ciclo ou nível de ensino, que deve ser respeitado com rigor e profissionalismo.
Domingos Eduardo defendeu a necessidade de os docentes dos diferentes níveis de ensino reconhecerem, com base na humildade, as suas debilidades, pois, como acrescentou, ainda que camuflados os erros jamais são enterrados. 
Acrescentou que se a formação primária for inadequada reflete-se negativamente nos níveis subsequentes, prejudicando muitos indivíduos, as famílias e a sociedade.
O vice-governador pediu aos professores para que abracem as medidas correctivas adoptadas pela direcção da Educação, sobretudo os diretores de escolas, para o êxito do processo docente educativo na província. Domingos Eduardo realçou que a actividade docente, além de ser uma profissão, requer vocação.

Tempo

Multimédia