Províncias

Forte aposta na agricultura

Luísa Victoriano | Malange

O governador de Malange, Norberto dos Santos ”Kwata Kanawa”, afirmou na quinta-feira que a província reúne todas as condições necessárias e favoráveis para o desenvolvimento e relançamento da agricultura.

Ao discursar na abertura do seminário sobre o programa de aquisição de produtos agro - pecuários (PAPAGRO), promovido pelo Ministério do Comércio, subordinado ao tema “Revitalização do Comércio Rural, Via Directa para Crescer Mais e Distribuir Melhor”, referiu que Malange tem potencialidades que podem atrair investidores nacionais e estrangeiros, para a melhoria das condições de vida da população.
Kwata Kanawa sublinhou que, actualmente, cerca de 95 por cento da produção agrícola é utilizada directamente na alimentação e como matéria-prima para a indústria alimentar que provém da produção de camponeses individuais ou associados.
Sobre o comércio rural, afirmou que este deve ser visto como  um imperativo para a diversificação e desenvolvimento da economia comunitária, para a sustentabilidade e garantia da subsistência alimentar de alguns produtos agro-pecuários e para o rendimento das populações rurais nas diferentes regiões. O seminário, referiu o governador, é um passo importante  para a reactivação do comércio rural   e recolha de contribuições sobre os principais problemas que afligem as populações do meio rural  e para a estabilidade socioeconómica.
O seminário, no qual participaram directores provinciais, administradores municipais e representantes das Estação e Institutos de Desenvolvimento Agrário, teve como objectivo o relançamento da actividade comercial no meio rural, a valorização da produção local, criação de condições para o escoamento e comercialização dos produtos.
Foram apresentadas propostas sobre a estratégia nacional para a aplicação do programa de aquisição de produtos agro-pecuários e a tipologia das infra-estruturas logísticas para a recepção, comercialização e distribuição.

Tempo

Multimédia