Províncias

Governo lança reconversão das culturas

Francisco Curihingana | Malanje

Das 108.555 famílias camponesas da província de Malanje, 36.000 viram as suas culturas a­fectadas pela virose da mandioca, o que comprometeu a presente campanha agrícola.

Norberto dos Santos no acto de lançamento do Programa de Reconversão Varietal
Fotografia: Eduardo Cunha|Malanje

Para prevenir a progressão da peste, foi lançado em Malanje, pelo governador da província, Norberto dos Santos , o Programa de Reconversão Varietal, que consiste na substituição das mandioqueiras a­fectadas pela virose. 
O director provincial da Agricultura e Desenvolvimento Rural, João Manuel, disse que para conter a situação, vão ser criados nos 14 municípios da província, viveiros destinados à multiplicação de estacas melhoradas da mandioca.
João Manuel apontou as localidades do Songo, Cambundi Catembo, Luquembo e Quirima como as mais afectadas pela praga e explicou que a virose é uma doença que tem causado sérios prejuízos a milhares de famílias camponesas.
“Estamos neste momento a trabalhar com grupos de especialistas do Instituto de Investigação Agronómica e de Desenvolvimento Agrário, no sentido de apurar as causas e posteriormente dar solução a este problema”, salientou.O director da Agricultura informou que no campo do município do Luquembo vão ser plantados três hectares de mandioca melhorada para depois distribuir as estacas pelos camponeses da região.

Ponte do rio Luando


As obras de restauração da ponte sobre o rio Luando, no município do Luquembo, vão ser concluídas dentro dos três próximos meses, informou o governador Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”. A ponte foi destruída durante a guerra e durante 28 anos inviabilizou a circulação de dos 18 mil habitantes das localidades de Capunda, Quimbango e Cunga Palanga.
O vice-governador de Malanje para o sector técnico, Gabriel Pontes, que integrou a caravana do governador, considerou que as obras da ponte decorrem em bom ritmo, dai satisfazerem as expectativas do Governo Provincial.
Neste momento, está em curso a construção dos pilares que vão sustentar o tabuleiro da ponte, que tem uma base de betão suportada por travessas metálicas.

Tempo

Multimédia