Províncias

Governo promove fórum de oportunidades de negócios

Francisco Curihingana | Malanje

 O governo de Malange vai realizar, de 20 a 22 do corrente mês, um Fórum de Oportunidades de Negócios. O encontro visa contribuir para a abertura de canais de promoção que facilitem e encorajem o investimento dos empresários nacionais e estrangeiros, em domínios de reconhecida importância e interesse para o desenvolvimento económico da região.

Governador Boaventura Cardoso em conferência de imprensa sobre o fórum
Fotografia: Genivaldo da Fonseca

 O governo de Malange vai realizar, de 20 a 22 do corrente mês, um Fórum de Oportunidades de Negócios. O encontro visa contribuir para a abertura de canais de promoção que facilitem e encorajem o investimento dos empresários nacionais e estrangeiros, em domínios de reconhecida importância e interesse para o desenvolvimento económico da região.
Durante uma conferência de imprensa, o governador Boaventura Cardoso destrinçou as grandes linhas de força do encontro, particularmente a auscultação à comunidade investidora nacional e internacional, a promoção e abertura de canais de investimento em Malange, bem como informar os participantes das medidas e políticas de actuação do governo da província.
O governador debruçou-se também sobre o quadro macroeconómico e a evolução das respectivas reformas económicas, encetadas pelo Executivo angolano, e das políticas económicas, especialmente nos domínios agrícola, industrial e agro-alimentar.
No mesmo fórum, de acordo com Boaventura Cardoso, os participantes vão ser informados sobre os programas de Malange, reabilitação e desenvolvimento da província, bem como das oportunidades de investimento, passando pela identificação de projectos concretos, assim como condições e incentivos para a sua realização.
O fórum, que vai contar com a participação de entidades políticas do país, corpo diplomático nacional e estrangeiro, instituições financeiras e associações empresariais nacionais e estrangeiras, membros do governo provincial, entidades religiosas, partidos políticos e autoridades tradicionais, vai, de acordo com o responsável do governo de Malange, facilitar a realização de encontros entre as instituições e empresários nacionais e estrangeiros, para a concretização de parcerias.
 
Dias melhores para empresários
 
O governador Boaventura Cardoso aponta o fórum como uma saída que pode acalentar as esperanças dos homens de negócios da província da imponente palanca negra gigante. “O que nós pretendemos é inverter o quadro. Não basta apenas a vontade política do Governo. Por isso, precisamos estabelecer parcerias público-privadas e incentivar as instituições financeiras que também vão participar no fórum”, sustentou o governador, acrescentando que “todos os bancos representados em Angola foram convidados”.
Boaventura Cardoso aconselha os empresários a aproveitarem a ocasião e mostrar as suas capacidades, para interagirem com os bancos. O governador deixa uma mensagem de encorajamento à classe empresarial de Malange, na condição de descapitalizada, para dar o máximo da sua força ao fórum.  “Queremos é potenciar as suas valências do ponto de vista humano e isso só pode ser realizado com um evento desta natureza”, realçou o responsável malangino, que vaticina um desfecho favorável no diálogo entre empresários locais e representantes dos bancos que vão estar presentes no encontro.
 
O sonho de despertar
 
Num passado muito recente, Malange era considerada o celeiro do país. Porém, este estatuto desapareceu com o tempo, dada a situação de guerra que o país conheceu. Com o restabelecimento da paz, surgem hoje iniciativas colectivas e singulares para a reposição deste estatuto e, no entender de Boaventura Cardoso, é preciso despertar com acções concretas. Dos empresários agrícolas, o governador espera que aproveitem o fórum para conseguir resolver os seus problemas.
Recordou que os sectores agrícola e pecuário continuam adormecidos, mas o seu executivo elaborou um Plano de Desenvolvimento da província, que foi submetido à apreciação de alguns sectores, no caso a equipa económica do Governo, onde se faz uma radiografia de todos os sectores da vida económica e social da província de Malange.
 O governo da província espera que o Fórum de Oportunidades de Negócios marque o ponto de viragem em torno do seu desenvolvimento.
O governador Boaventura Cardoso assegurou que “este evento vai certamente marcar o início de uma nova era para o governo, empresários interessados e instituições”, acrescentando que “a nossa política é de portas abertas. Nós queremos manter o diálogo com todos”. Logo após a realização do fórum, o governo da província de Malange vai criar o “Investe Malange”, uma espécie de gabinete que vai encarregar-se dos assuntos da classe empresarial local.
Boaventura Cardoso disse, entretanto, que a realização de acções concretas viradas para o desenvolvimento da província vão ao encontro do slogan “Malange, a Esperança por um Futuro Melhor”.

Tempo

Multimédia