Províncias

Habitantes do Lombe já têm água potável

Luisa Victoriano | Malanje

Cerca de seis mil habitantes da comuna do Lombe, município de Cacuso, na província de Malanje, passaram a beneficiar de água potável, com a inauguração de um sistema  de captação, tratamento e distribuição.

Água mais próxima das populações
Fotografia: Eduardo Pedro |

Enquadrado no programa “Água para Todos”, o sistema, inaugurado pelo secretário de Estado das Águas, Luís Filipe da Silva, dispõe de uma capacidade de 50 mil litros por hora.
Luís Filipe da Silva garantiu que o Executivo vai continuar a trabalhar para alargar o projecto de abastecimento de água para melhorar a qualidade de vida das populações.
O secretário de Estado disse que, no âmbito do programa “Água para Todos”, várias intervenções estão a ser feitas nas sedes provinciais, municipais, comunais, assim como nas aldeias e povoações para a garantia da água tratada para toda população do país.
Quanto ao abastecimento de água à nível da província de Malanje, o responsável mostrou-se satisfeito com o grau de execução e expansão da rede de captação, tratamento e abastecimento.
Luís Filipe da Silva esclareceu que actualmente o nível de cobertura é de 50 por cento e anunciou que várias acções estão em curso na região para se alcançar a cifra dos 80 por cento.
Pediu às autoridades tradicionais e aos munícipes no sentido de conservarem o bem público para a sua durabilidade.
O administrador comunal do Lombe, Eliseu Augusto, pediu às instâncias de direito para a instalação de fontenários noutras localidades da comuna, que ainda não dispõem de água potável. O regedor da comuna do Lombe, Francisco Lourenço, disse que com a instalação do referido sistema na localidade, a população deixa de percorrer  longas distâncias à procura de água.
Com o sistema, os níveis de doenças provocadas pelo consumo de água não tratada, como as diarreias, vão diminuir significativamente na circunscrição.

Tempo

Multimédia