Províncias

Hospital de Massango é ampliado

O hospital de Massango, 250 quilómetros a Norte da cidade de Malange, está a ser reabilitado e ampliado, disse na quarta-feira, à Angop, o chefe da repartição local da Saúde, Adão Ngola Muta.

O hospital de Massango, 250 quilómetros a Norte da cidade de Malange, está a ser reabilitado e ampliado, disse na quarta-feira, à Angop, o chefe da repartição local da Saúde, Adão Ngola Muta.
O hospital, cuja construção está já na fase final, vai oferecer serviços de medicina, pediatria, pequenas cirurgias, partos e outros.
“Quando concluída a obra, a unidade terá capacidade para 70 camas para internamento”, disse Adão Ngola Muta, acrescentando que “fruto das várias campanhas de sensibilização nas comunidades, as grávidas já aderem sem preconceitos às unidades sanitárias, para efectuarem partos seguros, o que antes não se registava”.
De Janeiro a Setembro do ano em curso, segundo Adão Ngola Muta, o hospital municipal de Massango registou 50 partos, dos quais cinco resultaram em óbitos.
Adão Ngola Muta sublinhou, ainda, que é cada vez maior o número de gestantes que adere às consultas pré-natais. No período em referência, foram feitas 831 consultas, tendo se registado apenas um caso de morte materna.
“As grávidas da região estão sensibilizadas de que devem acorrer às unidades sanitárias, para terem partos seguros”, salientou.
O hospital municipal atende 50 pacientes por dia.
O município de Massango conta com uma população estimada em mais de 27 mil habitantes, distribuídos pelas comunas sede, Kihuhu e Kinguengue.
O hospital, cuja construção está já na fase final, vai oferecer serviços de medicina, pediatria, pequenas cirurgias, partos e outros.
“Quando concluída a obra, a unidade terá capacidade para 70 camas para internamento”, disse Adão Ngola Muta, acrescentando que “fruto das várias campanhas de sensibilização nas comunidades, as grávidas já aderem sem preconceitos às unidades sanitárias, para efectuarem partos seguros, o que antes não se registava”.
De Janeiro a Setembro do ano em curso, segundo Adão Ngola Muta, o hospital municipal de Massango registou 50 partos, dos quais cinco resultaram em óbitos.
Adão Ngola Muta sublinhou, ainda, que é cada vez maior o número de gestantes que adere às consultas pré-natais. No período em referência, foram feitas 831 consultas, tendo se registado apenas um caso de morte materna.
“As grávidas da região estão sensibilizadas de que devem acorrer às unidades sanitárias, para terem partos seguros”, salientou.
O hospital municipal atende 50 pacientes por dia.
O município de Massango conta com uma população estimada em mais de 27 mil habitantes, distribuídos pelas comunas sede, Kihuhu e Kinguengue.

Tempo

Multimédia