Províncias

Hospital municipal do Quela necessita de mais médicos

Adriano Sapalo| Malanje

O hospital municipal do Quela, na província Malanje,  necessita com urgência de 20 médicos para permitir a assistência médica e medicamentosa à população, informou ontem, o responsável da Saúde na circunscrição.

Um ângulo do Hospital Central de Malanje
Fotografia: Santos Pedro | Edições Novembro

Pedro Malavo informou que o hospital conta com 40 enfermeiros, sendo  27 efectivos e 13 técnicos que trabalham em regime de contrato. Esclareceu que o número de profissionais está ainda muito aquém das expectaivas, esperando, por isso, o enquadramento de mais técnicos.
O hospital municipal do Quela tem capacidade de internamento para 35 pacientes, ao passo que a média diária de atendimento varia entre os 40 e os 50 doentes. O responsável da Saúde esclareceu que se tem desdobrado em contactos  permanentes com a população no sentido de esta acatar os  conselhos para se evitar as epidemias, particularmente nessa época em que as chuvas caem com muita intensidade.
A malária, diarréias, doenças respiratórias agudas, desnutrição, diabetes, tuberculose, entre outras, engrossam o gráfico das doenças mais frequentes na região. No município do Quela, estão igualmente disponíveis os serviços de combate à sida, lepra, tuberculose, além do Programa Alargado de Vacinação e da Brigada de Luta Anti-larval.
Pedro Malavo disse que o governo da província não poupa esforços e trabalha na expansão da actividade sanitária para as localidades mais distantes da sede municipal, com realce para as suas respectivas comunas.

Tempo

Multimédia