Províncias

Instituto Agro-Alimentar abre na cidade de Malanje

Luísa Victorioano | Malanje

A Escola Superior Politécnica de Malanje, da Universidade Lueji A’nkonde, tem disponíveis 280 vagas para o próximo ano lectivo que começa no dia 22 de Fevereiro.

Vista parcial de Malanje onde os estudantes têm novas opções para se licenciarem
Fotografia: Jornal de Angola

De acordo o director da escola, Francisco Jacucha, o número de vagas está disponível nos cursos de Pedagogia, Matemática, Psicologia e Sociologia.
As aulas vão ser leccionadas nas novas instalaçoes cedidas pelo Governo Provincial de Malanje, numa primeira fase com oito salas, localizadas no Bairro da Catepa.
Francisco Jacucha disse que a abertura dos cursos diurnos vai facilitar os estudantes que não têm capacidade financeira, pois estas são a custo zero.
Quantos aos cursos de Gestão, Hotelaria e Turismo e Direito, que abrem no novo ano académico na Escola Superior Politécnico, em regime diurno e nocturno, o director disse que todas as condiçoes estão criadas para tal e aguardam-se apenas orientaçoes do Ministério para o Ensino Superior.
Ainda no novo ano lectivo, a Província de Malanje vai contar com um Instituto Superior Agro-Alimentar, que arranca com o Curso de Tecnologia de Alimentos.
Segundo Francisco Jacucha, numa primeira fase está disponível para este curso uma sala de aulas para 60 estudantes na Escola Superior Polítecnica  de Malange, devido ao atraso na conclusão das inStalações do Instituto Superior Agro-Alimentar. As inscriçoes têm início na próxima segunda-feira e as aulas são unicamente no período diurno.
A Escola Superior Politecnica de Malanje é assegurada por 58 professores angolanos e cubanos e vai ser reforçada, no novo ano académico, com mais 14 professores.

Tempo

Multimédia