Províncias

Jornada comunitária decorre na província

Francisco Curihingana | Malange

A cidade de Malange vai acolher, no próximo mês de Junho, a II edição das jornadas sócio-comunitárias do Movimento Nacional Espontâneo (MNE).

Reunião entre o MNE e o governo local
Fotografia: Genivaldo Fonseca

A cidade de Malange vai acolher, no próximo mês de Junho, a II edição das jornadas sócio-comunitárias do Movimento Nacional Espontâneo (MNE). Para o feito, trabalha desde terça-feira na província o vice-presidente da organização, Job Castelo Capapinha, que já manteve um encontro com o governador Boaventura Cardoso, para abordar os aspectos ligados à realização do referido evento.
Job Capapinha disse que as jornadas visam traduzir um conjunto de actividades multidisciplinares, para situar o papel do Movimento Nacional Espontâneo (MNE) no âmbito da nova visão social sobre as comunidades.
À margem da II edição das jornadas sócio-comunitárias que Malange vai acolher, os participantes vão realizar uma sessão alargada da direcção central do Movimento Nacional Espontâneo, para balancear as realizações até o mês de Junho e perspectivar o terceiro trimestre do presente ano.
Este VI Encontro Nacional Comunitário vai decorrer sob o lema “O Papel da Família e da Sociedade na Educação da Família”.
Job Capapinha disse que durante as jornadas sócio-comunitárias vai ter lugar uma série de realizações, nomeadamente o segundo show das multidões e o “Caldo M”, oportunidade que, na visão do vice-presidente do Movimento Nacional Espontâneo, “vai permitir o convívio entre os mais velhos e os mais novos, para a troca de experiências”.

Tempo

Multimédia