Províncias

Jornalista da TPA vence em Malanje

Adriano Sapalo | Malanje

A jornalista da Televisão Pública de Angola (TPA) Vitória de Fátima venceu a segunda edição do Prémio Provincial de Jornalismo, em Malanje, com um trabalho sobre “Mkulu wa Ngola”.

A  reportagem da jornalista da TPA foi feita numa localidade onde estão sepultados os soberanos do reino do Ndongo, com destaque para Ngola Kiluange kia Samba e NJinga MBande.
O júri classificou ainda os trabalhos dos jornalistas da Rádio Malanje Hugo Hernâni, sobre o “Comportamento Actual nas Cerimónias Fúnebres”, e de Serafina Pedro, da Televisão Pública de Angola, que abordou o “Impacto da Língua Nacional Kimbundo e Songo nas Escolas”.
Nelson Cavaleiro, repórter de imagem da TPA, venceu a categoria de melhor imagem, com um trabalho que retratou os “Túmulos do Mukulu Angola”, enquanto Nelson Costa, da Angop, recebeu o prémio de melhor redactor.
A apresentadora Rita Solange, também da Televisão Pública, foi considerada a melhor locutora do ano, naquela província.
A grande vencedora do prémio vai receber dois milhões de kwanzas, enquanto os restantes devem embolsar 400 mil kwanzas cada.
O Prémio Provincial de Jornalismo de Malanje  foi instituído em 2015, pelo governo provincial, como forma de incentivar a produção e a criatividade do exercício do jornalismo e reconhecimento pelos trabalhos dos profissionais da classe.
A primeira edição do prémio  foi vencida pelo jornalista da TPA Ricardo Prata.
Até agora, os  vencedores desta edição continuam a aguardar a entrega dos  prémios.

Tempo

Multimédia