Províncias

Kizenga na via do progresso

Francisco Curihingana|Malange

A comuna da Kizenga, na província de Malange, está a ganhar uma nova imagem, graças às várias construções de empreendimentos sociais, levadas a cabo pelas autoridades provinciais e locais.

Os habitantes passaram a consumir água potável no âmbito de um projecto patrocinado por uma empresa que opera na região
Fotografia: Genivaldo Fonseca

A comuna da Kizenga, na província de Malange, está a ganhar uma nova imagem, graças às várias construções de empreendimentos sociais, levadas a cabo pelas autoridades provinciais e locais.
O administrador comunal, Francisco Inoque, disse sábado que, graças aos esforços do governo, a região está a ganhar uma imagem mais agradável, com novas infra-estruturas, como escolas, postos de saúde e vias rodoviárias, entre outras.
O responsável avançou que estão em curso outras acções que vão incrementar o desenvolvimento, tendo ressaltado o facto da localidade se encontrar ao longo da estrada nacional 230 e da linha do Caminho-de-Ferro de Luanda, uma mais-valia para a incentivar as trocas comerciais.
Os habitantes da comuna da Kizenga já consomem água potável, no âmbito de um projecto patrocinado pela empresa de água mineral Njinga. Com o surgimento deste projecto, que engloba seis chafarizes, os casos de diarreia a nível da localidade baixaram consideravelmente, disse o administrador comunal. Neste momento, 12 enfermeiros garantem a assistência médica e medicamentosa aos habitantes, um número que o administrador comunal considera insuficiente para atender uma população de cerca de 3.500 pessoas, distribuídos em 12 aldeias.
As doenças mais frequentes na região são a malária e a diarreia. A tripanossomíase, que durante algum tempo assolou a região, está quase extinta.

Educação


Francisco Inoque disse que 1.500 crianças estão a frequentar o presente ano lectivo, desde a iniciação à 7ª classe, na comuna da Kizenga. O administrador salientou que 18 professores estão a garantir o ensino na região, número que tem de ser reforçado.Para resolver este problema, o responsável adiantou que, no próximo ano lectivo, está prevista a construção de mais salas de aulas, quer na sede da comuna, quer aldeias.

Registo Civil

As queixas de outros tempos sobre a falta de registo de cidadãos a nível da Kizenga também já fazem parte do passado. Recentemente, deslocou-se à comuna uma brigada da direcção provincial da Identificação, para proceder ao registo de adultos e menores.
O administrador comunal Francisco Inoque referiu que, com o processo de registo efectuado, evitou-se que grande parte da população da Kizenga recorresse à província do Kuanza-Norte, a fim de fazer o registo.
Neste momento, uma parte considerável de cidadãos já possui bilhetes de identidade e cédulas.

Tempo

Multimédia