Províncias

Luquembo transformado em "canteiro de obras"

Sérgio V. Dias | Luquembo

Luquembo é um município essencialmente agrícola, sobressaindo a do arroz. Esse factor é apontado pelo governador Boaventura Cardoso, como uma vantagem para a “bolsa de negócios” da localidade apontada como o “verdadeiro habitat” da palanca negra gigante.

Governador de Malange Boaventura Cardoso esteve em visita de trabalho no município do Luquembo
Fotografia: Eduardo Cunha

Luquembo é um município essencialmente agrícola, sobressaindo a do arroz. Esse factor é apontado pelo governador Boaventura Cardoso, como uma vantagem para a “bolsa de negócios” da localidade apontada como o “verdadeiro habitat” da palanca negra gigante.
Passados os tempos de inquietação provocados pela guerra, Luquembo começa a mudar de imagem e o município está transformado num verdadeiro “canteiro de obras”.Com uma população estimada 48.000 habitantes, Luquembo tem as comunas de Rimba, Dombo a Zanga, Kapunda, Kimbango e Kunga Palanga, todas essencialmente agrícolas.
Para além do arroz, destaca-se também a cultura da batata-doce, mandioca, milho, amendoim, o gergelim.
“Se tivéssemos uma agricultura orientada, conforme as políticas do Executivo, penso que podíamos ir muito mais longe”, disse a administradora Rosa Lourenço, que se assume como uma “mulher de desafios”.
Apesar das muitas carências e dificuldades que afectam a população de Luquembo, o governador provincial de Malange, Boaventura Cardoso, destaca os esforços da administração do município: “Constatamos isso no ano passado e voltamos a verificar agora que persistem ainda alguns problemas. Faltam escolas, postos médicos, água potável, não há escolas, existem apenas salas de aulas. Apesar  disso, há uma grande força de vontade por parte dos administradores municipais e comunais com quem tivemos a oportunidade de trabalhar”.O governador de Malange realça ainda a importância da reparação das pontes do município de Luquembo para permitir o acesso a algumas comunas.
 Nesta altura as vias estão intransitáveis. “Aqui no município do Lukembo é de extrema importância a reabilitação das pontes sobre os rios Luando e Sambo, porque essa situação faz com que as comunas localizadas nas margens do outro lado fiquem isoladas. Nós queremos que as populações sintam também os efeitos da paz e da nossa governação.
 É um assunto que vai ser tratado com a maior atenção e certamente para a solução do caso vamos encontrar resposta imediata do Executivo”, prometeu Boventura Cardoso.
A população de Luquembo recebeu com satisfação a garantia, por parte do governador Boaventura Cardoso, da chegada ao município dos serviços de Registo Civil e também da telefonia móvel da Unitel, que pode ocorrer antes do final do presente ano.
“A administração de Luquembo já contactou a equipa técnica para tratar do Registo Civil.
Esse é um passo muito importante. Em relação aos telefones móveis, devo dizer que até ao fim deste ano, Luquembo vai ter os serviços da Unitel”, garantiu o governador de Malange, no temo da visita efectuada à região no passado fim-de-semana.

Tempo

Multimédia