Províncias

Mais centros de saúde em Malanje

Venâncio Victor e Francisco Curihingana | Malanje

O governador de Malanje, Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”, inaugurou dois centros de saúde, com capacidade para 30 camas cada, nos bairros de Maxinde e Vila Matilde, no quadro das festividades do décimo terceiro aniversário da paz.

População deixa de percorrer longas distâncias para ter acesso aos serviços de saúde no centro da cidade de Malanje
Fotografia: Genivaldo da Fonseca | Malanje

As infra-estruturas sanitárias foram construídas no âmbito do programa de melhoria dos serviços sociais básicos, numa área de 1.140 metros quadrados, e prestam serviços de medicina geral, pediatria e estomatologia, raio x, bloco operatório, morgue  e Programa Alargado de Vacinação.
A directora provincial de Mala nje da Saúde, Lazina Vera Cruz, disse que o Centro de Saúde de Maxinde,  no sector do Catombe,  abrange uma população de 2.800 habitantes.
Por ocasião do Dia da Paz, o Governo da Província de Malanje endereçou uma mensagem à população, na qual ressalta  que a paz definitiva, conquistada em Abril de 2002, é um ganho sublime que resultou da independência nacional, proclamada há 40 anos, a qual deve ser preservada para  Angola continuar a se desenvolver nas suas mais variadas vertentes.
Aos partidos políticos, à sociedade civil e às igrejas, o Governo Provincial de Malanje pede a promoção de campanhas de consciencialização e educação para a paz e a democracia, baseadas nos valores da liberdade, do respeito mútuo e da opinião alheia, tolerência, harmonia social, fraternidade e solidariedade. A mensagem termina com um apelo à juventude de Malanje e à população em geral no sentido de cultivar cada vez mais o espírito de unidade e reconciliação nacional.
Durante as festividades do Dia da Paz, refira-se, foram inauguradas várias infra-estruturas de impacto social, para melhorar a qualidade de vida da população que vive em comunidades do interior da província de Malanje.

Tempo

Multimédia