Províncias

Massango melhora os serviços sociais

Venâncio Victor | Malanje

As comunas de Quihuhu e Quinguengue, no município de Massango, na província de Malanje, vão conhecer, em breve, melhorias no fornecimento de energia eléctrica, água potável e dos serviços de Saúde, no âmbito do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza.

Governador Norberto dos Santos (à direita) visitou as comunas de Quihuhu e Quinguengue para se inteirar das principais dificuldades
Fotografia: Genivaldo da Fonseca | Malanje

A garantia foi dada na sexta-feira última pelo governador provincial, Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”, durante a visita de campo que efectuou no município de Massango, para avaliar as condições sociais e económicas e o nível de vida dos seus habitantes.
O governador provincial de Malanje manifestou preocupação face ao mau estado da via de acesso às comunas de Quihuhu e Quinguengue, bem como à falta dos principais serviços sociais básicos às populações. Norberto dos Santos disse que enquanto se aguarda pela reabilitação da estrada o Governo Provincial vai encontrar opções para fazer chegar os técnicos e alguns equipamentos  por meios aéreos, de forma a solucionar o problema da falta de água potável, melhorar as unidades sanitárias e o fornecimento de energia eléctrica através de painéis solares, sobretudo na comuna de Guinguengue, onde as dificuldades são acentuadas.
O Governo Provincial, acrescentou, pretende com estas e outras acções de impacto social criar as condições para que as populações de Quinguengue deixem de procurar assistência médica e medicamentosa na RDC e evitar que algumas crianças daquela comuna continuem a frequentar aulas no Congo. O governador provincial acrescentou que essas estratégias contribuem para uma melhor delimitação da fronteira com a RDC e para a fixação da população local naquela circunscrição do território nacional.
Norberto dos Santos referiu que neste momento é impossível solucionar o problema da estrada entre Quihuhu e Quinguengue e que liga à província do Uíge e à República do Congo Democrática, mas, referiu, o assunto vai ser colocado a nível do Executivo, face às dificuldades por que passam as populações.

Registo civil

Relativamente ao problema da ravina de grandes proporções que ameaça "engolir" as infra-estruturas da sede municipal de Massango, o governador provincial de Malanje avançou que ela é estancada em breve, tendo em conta que já foi feito um estudo para tal, aguardando-se apenas a assinatura do contrato para o início dos trabalhos.
Quanto ao problema da falta de registo gratuito na comuna de Quinguengue, o governador provincial aconselhou a população a manter a calma, referindo que está em curso um projecto a nível nacional.

Tempo

Multimédia