Províncias

Milhares de famílias beneficiadas

Francisco Curihingana | Malanje

Um total de 35 mil famílias da província de Malanje vai, nos próximos tempos, beneficiar do projecto de desenvolvimento da agricultura familiar e comercialização.

Fotografia: Jaimagens | Edições Novembro

A resolução ficou expressa durante a segunda sessão extraordinária do governo da província realizado, quinta-feira, naquela cidade.  
Orientado pelo governador provincial, Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”, os participantes ao encontro apreciaram e aprovaram o projecto do programa radiofónico “Magazine Agrícola”, que passará a fazer parte da grelha de programação da rádio provincial, visando reforçar as capacidades técnicas e metodológicas da comunidade camponesa.
O programa radiofónico que terá a duração de 15 minutos, será emitido quinzenalmente na Rádio Malanje, do grupo Rádio Nacional de Angola.
Os membros do governo da província também tomaram nota sobre o processo de levantamento de terras cedidas para fins agrícolas, mas que não têm sido aproveitadas para o efeito, do estado actual da aquicultura na região, onde os resultados são considerados animadores. Dados apontam que durante o primeiro trimestre deste ano foram produzidos cerca de 252 mil alevinos.
Durante a sessão, foi igualmente apreciada a venda do património não habitacional do Estado e do sector da Energia e Águas, onde o destaque recai para o aumento de 18 por cento na produção e distribuição de água à cidade de Malanje.
No domínio da Justiça e Direitos Humanos, os membros do governo da província tomaram conhecimento da emissão de 10.860 bilhetes de Identidade e de 6.616 registos de nascimento.
Relativamente ao sector da Educação, concluiu-se que, no presente ano lectivo, foram matriculados 380. 247 alunos nos diferentes níveis de ensino geral e técnico-profissional, bem como no de adultos.
No decorrer da sessão, foi recomendada a necessidade da participação de todos os actores da sociedade civil no processo de alfabetização de forma voluntária.
Comparativamente ao mesmo período do ano lectivo anterior, este ano houve um aumento da população estudantil em todos os níveis de ensino, com realce para o segundo ciclo do ensino secundário e técnico-profissional. O acréscimo deve-se à entrada em funcionamento de novas escolas comparticipadas.
No encontro, foi ainda aprovada a acta da primeira sessão ordinária do governo provincial, realizada a 28 de Março deste ano, tendo sido considerado positivo o grau de cumprimento.
Também foi aprovado o plano de contingência para as crianças em conflito com a lei, acolhimento e auscultação de menores, localização e reunificação familiar e sensibilização de famílias com membros portadores de perturbações mentais, para tratamento no Hospital Pediátrico de Luanda.

 Ciclo de formação

A Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA) promoveu até ontem, na cidade de Malanje, um ciclo de formação sobre o género e HIV/SIDA.
A representante da Direcção Provincial da Família e Promoção da Mulher, Guilhermina Neto, considerou a ADRA um parceiro válido do Governo, afirmando que as suas acções formativas, nos mais variados domínios, têm contribuído para a promoção do equilíbrio e da justiça do género.
Guilhermina Neto elogiou àquela organização por se destacar em acções concretas no meio das comunidades rurais, contribuindo, deste modo, para o seu desenvolvimento. Para a responsável, o VII módulo incide na promoção de um espaço em que os quadros da ADRA e mulheres de várias organizações partilhem experiências entre si, criar  um espaço para facilitar a participação de mulheres, à luz das recomendações e dos desafios impostos pelo actual contexto do país.
O director da Antena Malanje, Fernando Santos, considerou importante o ciclo de formação anual em género e HIV/SIDA, sempre na perspectiva da promoção de processos de cuidados entre os quadros de agremiações parceiras.

Tempo

Multimédia