Províncias

Mulheres esclarecidas sobre as vantagens

Francisco Curihingana| Malange

Mulheres da província de Malanje foram informadas, durante a Semana Mundial do Aleitamento Materno, sobre os benefícios  da amamentação pela mãe, até aos seis meses, como forma de prevenir a desnutrição e doenças crónicas não transmissíveis às crianças.

Ficou provado que o aleitamento materno protege as infecções no bebé e permite uma melhor relação entre mãe e filho
Fotografia: Eduardo Cunha

 O encontro, que decorreu sob o lema "Amamentação, uma meta vencedora para a vida”, serviu igualmente para informar as mulheres sobre os perigos que correm as crianças quando são desmamadas antes do período previsto. A chefe de departamento provincial de Saúde Pública, Francisca de Assunção, disse que o encontro serviu para promover  e apoiar as práticas de aleitamento materno.
 A responsável explicou que o leite materno contém vitaminas e  minerais suficientes para a nutrição da criança, que a protegem contra a obesidade, hipertensão, diabetes, desnutrição, doenças alérgicas, anemias, morte súbita e diarreias.
O aleitamento materno, referiu, também protege as infecções respiratórias e permite uma melhor relação entre mãe e filhos, além de contribuir para o desenvolvimento da criança.
 A directora provincial da Saúde em Malanje, Lazina Vera Cruz, disse que a semana do aleitamento materno se enquadra nas acções de redução dos casos de mortalidade infantil, uma preocupação constante das acções do Executivo.
Lazina Vera Cruz disse que o Executivo vai continuar a prestar uma assistência sanitária de qualidade para o bem estar das crianças e valorizou a forma como as mulheres da província acorreram às palestras. margem das actividades, foram realizadas na cidade de Malanje palestras nas escolas, mercados e igrejas sobre as consequências do não aleitamento, as vantagens do aleitamento e posições correctas para a mãe amamentar o filho.
As mulheres presentes no encontro comprometeram-se a levar a mensagem até às zonas mais recônditas da província, divulgarem e ajudarem na expansão da educação sobre o aleitamento materno e as iniciativas de apoio às mulheres, durante o período de parto.
 Juliana António, uma das participantes na palestra, agradeceu à direcção local da Saúde e aos técnicos pela forma como transmitiram os ensinamentos que vão ajudar a resolver muitos problemas vividos pelas mulheres no que toca à amamentação.

Tempo

Multimédia