Províncias

Novas salas são erguidas em Caculama

Sónia Maria | Caculama

A rede escolar no município de Caculama, na província de Malanje, melhorou consideravelmente com a construção de doze escolas do primeiro ciclo e a substituição de várias escolas primárias precárias por outras de construção definitiva, prevendo-se ainda  edificar mais três escolas com três salas de aulas cada.

Para este ano lectivo, a repartição municipal de Educação de Caculama matriculou 28.000 alunos nos diferentes níveis de ensino, num processo  garantido por  430 professores, segundo o chefe de repartição, Paulo Quissunga, que disse que o funcionamento das escolas é regular apesar da complexidade da localização de muitos estabelecimentos aliada à falta de casas para acomodar os professores.
“Temos escontrado muitas dificuldades neste sentido, pois  na região  não existem condições de acomodação para os professores”, disse. Paulo Quissanga mostrou-se preocupado com a falta de segurança nas escolas e a onda de furtos de carteiras, quadros, livros e outro material escolar.
O processo de alfabetização e aceleração escolar conta com 52 alunos. Paulo Quissunga considerou positivo o aproveitamento escolar em todos os níveis de ensino devido ao empenho dos alunos, professores e encarregados de educação, anunciando a distribuição de material escolar da iniciação à nona classe.

Tempo

Multimédia