Províncias

Operadoras portes com novas rotas

Venâncio Víctor | Malanje

As operadoras de transportes públicos e privados que operam na cidade de Malanje, Macom, SGO e Fretrans, inauguram em breve rotas inter-municipais, anunciaram as suas direcções, após um encontro com o governador provincial, Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”.

As ligações rodoviárias inter-municipais vão contribuir para o desenvolvimento da província
Fotografia: Genivaldo da Fonseca

O director-geral adjunto da primeira daquelas empresas, Luís Máquina, disse que o encontro permitiu conhecer melhor as preocupações do governador relativamente à necessidade de transportes inter-municipais e urbanos em Malanje.
A abertura de novas rotas, afirmou, requer a realização de estudos para posteriormente se apresentarem projectos viáveis que beneficiem a população.
O responsável da Fretrans, João Gonçalves, disse que a entrada em circulação dos transportes inter-municipais vai contribuir para a materialização de alguns projectos do Governo Provincial em algumas localidades e que a definição das rotas e o número de autocarros para estes serviços depende dos estudos a serem feitos e das necessidades da província. O inspector dos transportes da em presa SGO, Joaquim Matias, revelou que a empresa vai usar quatro autocarros para as rotas inter-municipais em Malanje.
Com 50 autocarros inter-provinciais, a empresa opera em 15 províncias do país. Além dos transportes inter-provinciais e urbanos, a SGO actua   na área de recolha de lixo.
O director provincial dos Transportes, Cardoso Balanga, convidou as operadoras a oferecerem à população um serviço de transporte com qualidade e segurança. Numa primeira fase vão ser utilizadas as rotas dos municípios de acesso fácil acesso, como Cacuso, Calandula, Massango, Kiwaba-Nzoje, Cangandala, Quela e Caculama.
O administrador municipal de Malanje, Osvaldo dos Santos, lembrou que a entrada em funcionamento dos transportes inter-municipais facilita o desenvolvimento do município.

Tempo

Multimédia