Províncias

Ponte do rio Caunge melhora a circulação

Venâncio Víctor | Malange

A circulação rodoviária entre a cidade de Malange e o sector de Dor, que une a comuna do Lombe ao município de Cacuso, passa a ser feita em condições normais e com segurança, com a reabertura da ponte sobre o rio Caunge.

Tráfico de viaturas passa a ser mais fluido
Fotografia: Jornal de Angola

A circulação rodoviária entre a cidade de Malange e o sector de Dor, que une a comuna do Lombe ao município de Cacuso, passa a ser feita em condições normais e com segurança, com a reabertura da ponte sobre o rio Caunge.
Construída em betão, a estrutura possui quatro metros de largura e 15 de comprimento. Os moradores da região manifestaram a sua satisfação, visto que a ponte vai tornar mais fluido o tráfico de viaturas.
Bernardo António, antigo morador do bairro, disse ao Jornal de Angola que a ponte, completamente reabilitada, vai facilitar o desenvolvimento da actividade comercial, o surgimento de mais bens e serviços e facilitar a livre circulação de pessoas e mercadorias.
O director provincial da Indústria, Augusto Monteiro, em representação do governador Boaventura Cardoso, disse que a ponte vai contribuir para o escoamento dos produtos agrícolas, do campo para a cidade. A responsável da Missão Católica local, madre Ana Mercedes, da Igreja Católica, louvou a iniciativa do Governo e defendeu a necessidade premente de asfaltagem de quatro quilómetros da via que dá acesso à região, para facilitar o trânsito, principalmente nesta época chuvosa.

Tempo

Multimédia