Províncias

Ponte sobre o Kwanza é inaugurada este mês

Luísa Victoriano| Malange

A província de Malange vai estar ligada a partir deste mês com o sul do país, quando for inaugurada a ponte sobre o rio Kwanza, a 80 quilómetros a sul da cidade de Malange, 35 anos depois.
As obras de reconstrução da infra-estrutura tiveram início em 2008, a cargo da empresa de construção civil "Conduril". A ponte comporta duas faixas de rodagem com 3,5 metros de largura cada, assim como trezentos e dez metros de comprimento.

As obras de reconstrução da ponte sobre o rio Kwanza em Malange estão a decorrer a bom ritmo
Fotografia: Fernando Fonseca

A província de Malange vai estar ligada a partir deste mês com o sul do país, quando for inaugurada a ponte sobre o rio Kwanza, a 80 quilómetros a sul da cidade de Malange, 35 anos depois.
As obras de reconstrução da infra-estrutura tiveram início em 2008, a cargo da empresa de construção civil "Conduril". A ponte comporta duas faixas de rodagem com 3,5 metros de largura cada, assim como trezentos e dez metros de comprimento. Para o êxito dos trabalhos, estão engajados no processo 70 cidadãos, entre nacionais e estrangeiros.

Satisfação dos munícipes

Durante a nossa reportagem os munícipes mostraram-se satisfeitos pelos esforços que o governo central está levar a cabo para recuperação das infra-estruturas em todo território nacional. José Bernardo Coutinho, cobrador de táxi, que faz a rota Kangandala/Mussende /Andulo, disse que a reposição da ponte sobre o rio Kwanza vai facilitar a livre circulação de pessoas e bens. Actualmente, disse, a população faz a travessia em canoas e chatas, pagando 300 kwanzas.
Com a conclusão da ponte, avançou, as dificuldades de transportação dos bens e pessoas para as diferentes localidades das províncias do Bié e Kwanza-Sul vão estar mais facilitadas. "A travessia dos passageiros é feita com muitas dificuldades tendo em conta a pouca segurança que os meios utilizados oferecem", sustentou o nosso entrevistado. Joveta Pedro, outro interlocutor que falou à nossa reportagem, mostrou-se satisfeito com o restauro da ponte e encorajou o governo central no sentido de continuar a desenvolver esforços na reconstrução do país.

Tempo

Multimédia