Províncias

População preocupada com a época chuvosa

Filipe Eduardo | Malange

Os munícipes da Marimba apresentaram uma lista de preocupações ao governador de Malange, Norberto dos Santos, sendo o mau estado das vias que ligam a sede municipal às duas comunas, Dala Samba e Mangando, a mais inquietante.

Vias em mau estado na Marimba
Fotografia: Felipe Eduardo| Malanje

O presidente da Associação dos Naturais e Amigos do Município de Marimba (ANA Marimba), Joaquim Mango, um dos intervenientes no encontro que juntou jovens e autoridades tradicionais, o acesso às duas comunas, Dala Samba, a 110 km, e Mangando, a 75, é difícil, e vai tornar-se impossível quando chover. “Apelamos à sensibilidade do governador de Malange para que, num curto espaço, encontre uma solução para estas duas vias”, disse.
O reduzido número de escolas, centros de saúde, enfermeiros e oportunidades de emprego  no município constam igualmente do conjunto de preocupações apresentado pelos participantes no encontro de auscultação.
Os vários directores provinciais que acompanham Norberto dos Santos, que realizou, entre os dias 6 e 10 uma visita a oito municípios da província - Luquembo, Quirima, Cambundi Catembo, Quela, Cunda dia Base, Marimba, Cahombo e Quiuaba Nzozi – responderam a inúmeras inquietações das pessoas. Norberto dos Santos pediu à população de Marimba para manter a calma, pois “terminada a guerra a preocupação do Executivo é resolver os problemas do povo. A minha visita a Marimba e a mais sete municípios, que tem como objectivo constatar in loco os problemas que cada municipalidade vive, significa que há, por parte do Executivo, a preocupação de resolver os problemas das populações”, garantiu Norberto dos Santos, que deixou a promessa de tudo fazer para que o Governo Provincial solucione as dificuldades apresentadas.
Para Joaquim Mango, a visita do governador constitui um alento para as populações e o início da trajectória para a solução das dificuldades desta comunidade.
 O presidente da ANA Marimba realçou a disponibilidade da população em colaborar com o Governo Provincial na exploração das potencialidades do município, rico em recursos agrícolas, minerais, turísticos e outros. Pediu, igualmente, o apoio do governador para a construção de um monumento no local onde repousam os restos mortais dos soberanos do reino do Ndongo, Ngola Kiluanji e Rainha Njinga Mbandi.
Joaquim Mango aproveitou a oportunidade para convidar a classe empresarial de Malange, do país e de além-fronteiras a investir no município, rico em recursos hídricos, minerais e naturais.
Composta por três comunas - sede, Dala Samba e Mangando - Marimba ascendeu à categoria de vila a 2 de Setembro de 1929, e tem uma população calculada em 31 mil habitantes, que se dedicam à agricultura, caça e pesca, distribuída por 5.940 quilómetros quadrados.
 
Inaugurações

À sua chegada à sede do município de Marimba, no início da noite de segunda-feira, Norberto dos Santos inaugurou o palácio municipal, uma estrutura recentemente construída de raiz. Na terça-feira, inaugurou as instalações do Registo Civil, centro de informática, jango comunitário, mercado municipal e a ponte sobre o Rio Cambo.
O governador deslocou-se, ainda, ao local onde estão a ser construídos os 200 fogos habitacionais e entregou quatro viaturas ao hospital municipal, uma unidade recentemente construída e que tem uma capacidade de internamento de cem camas.  

Tempo

Multimédia