Províncias

Potencialidades agrícolas são expostas em feira rural

Adelino Ngunza| Malange

A comuna do Lombe, no município de Cacuso, organizou no passado fim-de-semana uma feira rural com o objectivo de divulgar as potencialidades agrícolas da região.

Promovida pela Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA), o evento expôs vários produtos agrícolas, com destaque para o bombó, mandioca, jinguba, feijão, cana-de-açúcar, limão, inhame, batata-doce e rena, hortícolas, entre outros.
O assistente da ADRA, Fernando Santos, disse que a feira serviu para dar oportunidade aos produtores e camponeses de venderem os seus produtos e estimular a produção no meio rural.
Estiveram presentes 13 associações de camponeses, uma cooperativa, dois núcleos, num total de 54 expositores de produtos diversos.
Fernando Santos realçou que os indicadores da realização de feiras apontam que se está no bom caminho, uma vez que produtores e camponeses conseguem vender sem grandes sobressaltos os produtos, obtendo algum rendimento ­financeiro para aumentar a capacidade económica e empreendedora. Actualmente têm sido melhorados os mecanismos da transformação e comercialização das principais culturas locais, cujos resultados concorrem para o aumento dos níveis de produtividade das culturas de maior consumo da região, acrescentou.

Camponeses aplaudem

O agricultor Albino Gonçalves afirmou estar satisfeito com a realização da feira, visto ela ter ajudado a promover a divulgação das potencialidades agrícolas.
Maria Teresa António, camponesa integrante da Associação Palancas Negras, da comuna do Cota, orgulha-se da realização da feira e deseja que a ADRA continue a dar apoio aos produtores locais.
O chefe do Instituto do Desenvolvimento Agrário (IDA), Francisco Mateus, considerou a ADRA uma parceira privilegiada do Governo, que tem desenvolvido várias actividades em apoio dos camponeses, assim como na criação de incentivos para a produção agrícola.

Tempo

Multimédia