Províncias

Produtores de Caculama antevêem boas colheitas

Sónia Maria | Caculama

Agricultores do município de Caculama, em Malanje, esperam boa safra no presente ano agrícola, em função da criação de escolas de campo implementadas pelo Projecto de Agricultura Familiar Orientada para o Mercado “MOSAP”, que desenvolve acções ligadas à preparação de terras, utilização de novas técnicas para a transformação de produtos agrícolas, formação de camponeses e a concessão de créditos agrícolas com vista ao aumento da produção.

Os camponeses têm acompanhamento técnico na preparação das terras e no cultivo
Fotografia: Paulo Mulaza

Maria Alice Ferreira, técnica do Instituto de Desenvolvimento A­grário, afirmou que os camponeses estão satisfeitos com as escolas de campo, pois as colheitas tendem a  aumentar.
As escolas de campo, acrescentou, têm forte adesão dos camponeses associados em cooperativas e os efeitos nas lavras já são visíveis. A baixa produção de feijão que o município registou nas épocas anteriores é resultante do atraso no lançamento das sementes à terra, associada à estiagem que afectou a região durante algum tempo.
O sistema de irrigação tem contribuído para que os camponeses de Caculama melhorem a sua actividade e aumentem a produção, segundo Alice Ferreira.  Os camponeses louvam a estratégia do Executivo que concebeu o crédito agrícola de campanha aos camponeses organizados em associações e cooperativas, permitindo a aquisição de sementes, tractores, moto-bombas, fertilizantes e moageiras.
Maria Alice Ferreira diz que os camponeses pedem apoio em tra­ctores para a mecanização a­grícola, visando o aumento dos níveis de produção de bens alimentares como a mandioca, feijão, ginguba, amendoim, batata, entre outros considerados culturas típicas do município.

Tempo

Multimédia