Províncias

Projectados fontanários no bairro da Camoma

Luísa Victorino|Malange

O administrador adjunto de Malange, Naval dos Santos, disse ao Jornal de Angola que está em curso um levantamento dos moradores do bairro Camoma-zona 2, com vista à instalação de um ponto de abastecimento de água.

Fotografia: Eduardo Cunha|Malange

O administrador adjunto de Malange, Naval dos Santos, disse ao Jornal de Angola que está em curso um levantamento dos moradores do bairro Camoma-zona 2, com vista à instalação de um ponto de abastecimento de água.
A instalação desse ponto de abastecimento naquele bairro dos arredores da cidade de Malange vai ser efectuada no quadro do programa “Água para Todos”.
O responsável respondia assim às preocupações manifestadas por alguns moradores ao Jornal de Angola sobre o abastecimento de água potável no bairro. Os moradores pediram a instalação de fontanários para evitar o uso de água recolhida do rio Malange, sem o devido tratamento.
Os cidadãos alertavam para o facto da água do rio estar a ser usada para banhos, às vezes no próprio rio, e para a lavagem da roupa e louça, além do consumo.
Naval dos Santos assegurou que a Administração Municipal de Malange está a trabalhar, em parceria com o governo provincial e a direcção de Energia e Águas, para resolver os problemas com o abastecimento de água nos bairros periféricos.

Tempo

Multimédia