Províncias

Proposta unificação de aldeias próximas

Francisco Curihingana|

O vice-governador de Malanje para o sector económico, Domingos Manuel Eduardo, defendeu na vila de Quiuaba Nzoji, cerca de 95 quilômetros a nordeste da capital provincial, a necessidade da unificação das aldeias para permitir ao Estado a  solucionar os principais problemas da população.

Vice-Governador apresenta novos administradores às populações e defende concentração das aldeias para os serviços chegarem com qualidade
Fotografia: WWW.JAIMAGENS.COM

Domingos Eduardo falava no acto de apresentação da nova administradora municipal de Quiuaba Nzoji, Emília Ventura, e disse que “é ideal que se concentrem as aldeias para que os serviços possam chegar com melhor qualidade junto das populações”, apelando para uma maior atenção à mulher por constituir o  pilar das famílias.
À nova administradora municipal, o vice-governador pediu uma atenção especial para acabar com as crianças fora do sistema de esnino, com a construção de mais escolas em diferentes localidades do Quiuaba Nzoji.
Domingos Eduardo manifestou-se satisfeito com o nível de andamento das obras do hospital municipal que, sublinhou, vai melhorar a assistência médica e medicamentosa às populações locais. Apelou a todas as sensibilidades de Quiuaba Nzoji para se dedicarem  ao trabalho para desenvolverem  a região.
O apelo à população foi repetido pela nova administradora municipal de Quiuaba Nzoji que disse ser necessário redobrar os esforços de todos para fazer crescer e desenvolver o município.
Aos sobas, regedores e população em geral, Emília Ventura pediu “unidade e espírito de entrega” para contribuir para o bem-estar comum. Emília Ventura disse que quer dar muita atenção aos sectores da  educação, agricultura, saúde e distribuição da água e energia eléctrica.
Na vila do Quela, onde igualmente foi apresentado o novo administrador, Ananias Gomes,  o vice-governador para o sector político e social, Manuel Campo, apelou à população, autoridades tradicionais e às igrejas para trabalharem em colaboração com o novo responsável para relançar o progresso socioeconómico do município. Manuel Campo pediu mais trabalho para relançar a produção agrícola aproveitando as optimas condições climáticas do Quela, no passado a principal região algodoeira de Angola.
Manuel Campo disse à população do Quela que estãa ser feitos esforços para a recuperação das pontes, estradas e para a construção de mais escolas para reduzir o número de crianças que se encontram fora do sistema normal de ensino.
O vice-governador pediu às autoridades tradicionais, igrejas e encarregados de educação para incentivarem os filhos e os jovens a dedicarem-se à formação para que o município possa ter quadros à altura de contribuírem para o desenvolvimento do município do Quela. O  novo administrador municipal do Quela prometeu trabalhar para dar resposta aos grandes problemas que afectam as populações, pedindo a colaboração de todos para o sucesso dos programa de combate à fome e à pobreza.
Ananías Gomes prometeu dar continuidade aos programas traçados, ressaltando a recuperação das vias de acesso às comunas e povoações do Quela.

* Com Luísa Vitoriano

Tempo

Multimédia