Províncias

Rede de distribuição de energia necessita de mais investimentos

O governador da província de Malange, Boaventura Cardoso, reconheceu que a rede de distribuição de energia ainda carece de investimentos, apesar de se registar algumas melhorias nos últimos anos.

Um ângulo da cidade de Malange onde o Governo aposta na melhoria do sector energético
Fotografia: Jornal de Angola

O governador da província de Malange, Boaventura Cardoso, reconheceu que a rede de distribuição de energia ainda carece de investimentos, apesar de se registar algumas melhorias nos últimos anos.
Ao discursar quarta-feira na terceira reunião ordinária do conselho provincial de auscultação e concertação social, o responsável salientou que o investimento passa pelo o aumento da capacidade das subestações.
Esclareceu que situação similar se verifica no sector da água, que necessita de aumento da distribuição, embora estejam a decorrer trabalhos de melhoria a nível da cidade.
Para o efeito, o governador apontou a implementação do projecto de infra-estruturas integradas para a cidade de Malange, lançado em Maio pelo vice-presidente da República, Fernando da Piedade dos Santos.
O projecto, segundo explicou, consiste na expansão das redes viárias, de água, esgotos, telecomunicações, energia eléctrica e de drenagem das águas pluviais e gestão de resíduos sólidos. Acrescentou que a sua materialização, que será faseada, depois do concurso público, a ser lançado nos próximos dias, vai resultar na melhoria das redes técnicas e de infra-estruturas, construídas há mais de 40 anos.

Tempo

Multimédia