Províncias

Registados novos casos da doença do sono

Luísa Victoriano | Malanje

As autoridades sanitárias registaram, durante o primeiro semestre de 2014, no município de Cacuso, 85 quilómetros da cidade de Malanje, quinze novos casos suspeitos da doença do sono, entre os 958 cidadãos examinados pelas equipas móveis da Direcção Provincial de Controlo e Combate à Tripanossomíase.

Lazina Cruz garante que vão ser implementadas mais acções para evitar a propagação
Fotografia: Eduardo Cunha | Malanje

Em entrevista ao Jornal de Angola, Lazina Vera Cruz disse que a Direcção Provincial de Controlo e Combate à Tripanossomíase, em parceria com o Programa de Combate à Malária, desenvolveu várias acções de sensibilização da população e formação dos técnicos de saúde.
Estas acções, referiu,  estão a ser levadas a cabo nos municípios de Cacuso e Malanje, concretamente nas localidades suspeitas e nas mais próximas dos rios.
Foram instaladas, durante o período em referência,  215 armadilhas  que permitiram a captura de 58 moscas.
Lazina Vera Cruz garantiu  que vão ser instaladas também armadilhas para captura de moscas nas comunas de Kizenga, Pundo-Andongo, Suqueco e Quinge. A directora mostrou-se preocupada com o aumento do ­número de casos registados no período em referência, tendo referido que a direcção da Saúde vai intensificar acções de prevenção no seio das comunidades para permitir melhor segurança epidemiológica e que as armadilhas vão ser colocadas nos pontos mais críticos.
De acordo ainda com Lazina Vera Cruz, durante o ano de 2013 foram registados dez casos suspeitos no referido município, das 1.038 pessoas examinadas. Apelou à colaboração da população, autoridades tradicionais, líderes religiosos e de associações juvenis a partciparem nas campanhas de vigilância epidemiológica, para o combate da doença.
Lazina Vera Cruz disse que a falta de meios de transporte está a dificultar o acesso dos técnicos às áreas de difícil acesso.

Tempo

Multimédia