Províncias

Restauração de estradas em Malange

A estrada nacional 325, no sentido Malange­/Kiwaba/­Nzogi/­Caom­bo, com uma extensão de 200 quilómetros, em recuperação desde 2008, está a ser terraplenada e a receber valas de drenagem, depois do desmatamento do seu traçado, constatou ontem a Angop, no local.

A estrada nacional 325, no sentido Malange­/Kiwaba/­Nzogi/­Caom­bo, com uma extensão de 200 quilómetros, em recuperação desde 2008, está a ser terraplenada e a receber valas de drenagem, depois do desmatamento do seu traçado, constatou ontem a Angop, no local. A obra, orçada em 250 milhões de dólares, está a cargo de uma construtora nacional e consiste na terraplenagem, criação de valas de drenagem, asfaltagem e sinalização.
Projectada para duas faixas de rodagem, cada uma com quatro metros e meio de largura e dois metros e meio de berma, o troço, que liga também com a vizinha República Democrática do Congo, mereceu a visita de um grupo de técnicos do Instituto de Estradas de Angola (INEA), no quadro da constatação das obras rodoviárias em curso no país. Em declarações à imprensa, o chefe da obra, João de Oliveira, disse que, apesar das fortes chuvas que se registam na região, os trabalhos decorrem dentro dos prazos estabelecidos para a sua conclusão, em 2013.
“Estamos a fazer o possível para, dentro de poucos meses, terminarmos a terraplenagem e começarmos a asfaltagem”, disse.

Troços da periferia  em reabilitação no Bié

O governador da província do Bié, Boavida Neto, anunciou quarta-feira, que o governo local vai reabilitar dez quilómetros de estrada da periferia da cidade do Cuito, com vista a melhorar a circulação rodoviária e a imagem da capital biena. O governador, que falava na abertura da V reunião do Conselho de Auscultação e Concertação Social, sublinhou que está em curso a terraplenagem das vias periféricas da cidade do Cuito.
Boavida Neto afirmou ainda que o governo local traçou estratégias tendentes a colocar novo tapete asfáltico nas ruas da periferia da cidade do Cuito, para mudar a imagem da urbe.
O governador anunciou, por outro lado, a reabilitação dos troços rodoviários Cuito/Andulo, Andulo/Nharêa, bem como a recuperação das vias secundárias e terciárias do interior da província.
Boavida Neto referiu que a reabilitação destas vias vai permitir o desenvolvimento socioeconómico da região.

Tempo

Multimédia