Províncias

Saúde está reforçada com novos técnicos

Luísa Victoriano

O Sector da Saúde na província de Malanje conta desde ontem com 451 novos quadros, formados na Escola Técnica de Formação de Saúde (EFTS), nas especialidades de enfermagem, análises clínicas, farmácia, radiologia, nefrologia, cuidados intensivos e anestesiologia.

Malanje conta com mais quadros da saúde de nível médio
Fotografia: Maria Augusta|Edições Novembro


O director provincial  da EFTS, Afonso Caculama, informou no acto do encerramento do curso  que a  instituição já formou, desde 2006, um total de 122 parteiras , 78 técnicos de nefrologia e 33 especialistas em cuidados intensivos, oriundos das provinciais de Malanje, Cuanza-Norte, Moxico e Lundas Norte e Sul.
“O número de quadros formados pela  EFTS  nos faz crer que o Executivo fez uma boa aposta na vertente da formação para o interior do país”, disse. Durante o acto de entrega dos diplomas, que marcou o encerramento do ano lectivo na referida  instituição, o director provincial da Saúde, Avantino Sebastião , falando em representação do governador provincial, Norberto dos Santos, disse que a referida formação está inserida no programa do Governo de humanização dos serviços de saúde.
Avantino Sebastião frisou que a pretensão do Governo da Província de Malanje não é apenas aumentar o número de quadros no sector da Saúde, é essencialmente  apostar na qualidade dos técnicos , acrescentando que “nos dias de hoje se exigem recursos humanos bem preparados e com o espírito de solidariedade para com o próximo”, com vista a melhoria da prestação de serviço às populações.
    O responsável lembrou que o Executivo tem vindo a desenvolver enormes esforços para “a melhoria contínua” do Sistema Nacional de Saúde.

Tempo

Multimédia