Províncias

Saúde Pública em Malanje previne a frebre amarela

Genivaldo Fonseca| Malanje

As autoridades sanitárias da província de Malanje asseguram que estão criadas todas as condições para prevenir casos de febre amarela, afirmou ontem o director clínico do Hospital Regional local.

Vacinação ajuda a conter a propagação
Fotografia: Dombele Bernardo

Jacob Lenvo garantiu que existem mecanismos de prevenção e combate à doença, considerada uma grave ameaça à saúde pública. O Hospital Regional de Malanje tem quantidades de medicamentos suficientes para tratar os doentes.
O director clínico instou os profissionais de Saúde a darem uma atenção redobrada ao tratamento dos doentes diagnosticados com a febre amarela. Os principais sintomas da doença são dores de cabeça, cansaço e olhos amarelados.
Na fase inicial, a febre amarela apresenta um quadro clínico semelhante ao da malária, pelo que é necessário um diagnóstico rigoroso, antes do início do tratamento.
Jacob Lenvo disse que as medidas preventivas para a febre amarela são semelhantes às da malária, daí que seja aconselhado o uso de mosquiteiro, eliminar o lixo e os charcos, cuidar da higiene pessoal e doméstica e cobrir todos os recipientes que contenham água.
A febre amarela, explicou o médico, tem um tratamento sintomático que passa pelo uso de medicamentos antipiréticos.
O Hospital Regional de Malanje realizou sábado uma palestra para todos os agentes sanitários sobre a febre amarela, catolotolo e dengue, que apresentam sintomas semelhantes  aos da malária.

Tempo

Multimédia