Províncias

Sector da Saúde expande serviços de análises clínicas

Adriano Sapalo | Malanje

A cidade de Malanje conta, desde sexta-feira, com mais um laboratório de análises clínicas, localizado no bairro da Maxinde.

De iniciativa privada, o laboratório FRAMELU E FILHOS LDA vai atenuar as dificuldades dos munícipes da Maxinde e arredores no acesso a esses serviços.
Os pacientes que procurarem o laboratório vão poder fazer várias análises, como hemograma completo, hemoglobina, pesquisa de plasmódio e determinação do grupo sanguíneo.
O responsável do laboratório, Francisco Miguel, disse que vão realizar também exames de Vidal, HBS, hepatite B e C, bem como de fezes, urina tipo 1 e 2. Os pacientes devem pagar entre 500 a 700 kwanzas.
Francisco Miguel afirmou que existem outros projectos que vão beneficiar a população de Malanje nos vários ramos da medicina: “Vamos diagnosticar patologias na comunidade, fazendo com que a população deixe de percorrer enormes distâncias para fazer exames médicos.”
O laboratório aposta igualmente na criação de equipas técnicas que vão visitar as comunidades próximas da cidade de Malanje, para realizar pesquisas de parasitose, gota espessa e outras análises.
Ainda em fase experimental, o laboratório recebe em média 20 a 25 pacientes por dia. Com a sua abertura do laboratório no bairro da Maxinde, seis jovens ganharam emprego, no caso um técnico superior de saúde e quatro médios.

Tempo

Multimédia