Províncias

Serviços de Identificação melhoraram em Cacuso

Filipe Eduardo | Cacuso

O aumento da procura dos Serviços de Identificação e Registo Civil para tratar o Bilhete de Identidade, cédula, certidão e outros documentos, levaram as autoridades locais a melhorar as condições de atendimento no posto de emissão do município de Cacuso, 75 quilómetros da cidade de Malanje.

O administrador municipal de Cacuso, Tomás Rodrigues da Conceição, avançou quinta-feira, ao Jornal de Angola,  que o aumento da procura pelos serviços do posto de identificação do município deve-se também ao crescimento populacional que se regista naquela região de Malanje.
Neste momento, segundo Tomás da Conceição, o posto de identificação recebe diariamente cerca de 80 pessoas, que se dirigem ali para tratar documentos diversos.
O administrador de Cacuso referiu que além do crescimento da população ao nível da municipalidade, a procura aumentou também pelas campanhas de sensibilização sobre a necessidade das pessoas tratarem cédulas e o Bilhete de Identidade. Disse que a Administração Municipal de Cacuso levou a cabo a campanha, em parceria com as autoridades tradicionais, tendo ressaltado que estas foram as primeiras pessoas na região a serem documentadas.
Com isso, as autoridades tradicionais ajudaram em grande escala na mobilização das populações para o registo e tratamento do Bilhete de Identidade.
Tomás da Conceição referiu que anteriormente as populações da região não tinham o hábito de acorrerem aos locais de identificação para tratar qualquer documento, mas, hoje, este cenário é diferente.
Disse que a facilidade no atendimento dos documentos também está a contribuir para que as pessoas procurem mais pelos serviços. “Em menos de 48 horas e de forma gratuita, qualquer cidadão em Cacuso consegue adquirir o seu Bilhete de Identidade”, disse com visível entusiasmo.
Actualmente, o Bilhete de Identidade é o documento mais solicitado pelos cidadãos da municipalidade de Cacuso, avançou o administrador.
O administrador municipal apelou os munícipes no sentido de acorrerem aos postos de identificação para cumprirem com mais um dos seus direitos de cidadania.

Tempo

Multimédia