Províncias

Situação sanitária na região regista inúmeras melhorias

Sónia Maria | Caculama

As autoridades sanitárias do município de Caculama, a cerca de 58 quilómetros da sede provincial de Malange, consideraram quinta-feira que o sector da Saúde registou, nos últimos quatro anos, grandes progressos, o que permitiu uma cobertura da actividade nas duas comunas que compõem esta região.
O chefe do depósito de medicamentos de Caculama, João Pedro Franco, disse que o empenho dos técnicos do sector da Saúde permitiu a redução das principais doenças endémicas, da incidência e dos índices de propagação da malária e da febre tifóide, embora não tivesse precisado as cifras registadas.
O município de Caculama, que conta actualmente com seis médicos e 32 técnicos básicos, segundo o responsável, registou também melhorias consideráveis a nível do abastecimento de medicamentos ao hospital municipal de referência e postos de saúde locais.
O chefe do depósito de medicamentos afirmou ainda que os técnicos trabalham nas áreas de enfermagem, medicina geral, tendo lembrado que existe alguma carência de pessoal para atender os serviços de RX, estomatologia, ecocardiograma, oftalmologia, esterilização, bloco operatório e outros.
O hospital de Caculama conta ainda com um laboratório para testagem do VIH/SIDA, sala de ecografia e um posto de vacinação, que têm sido assegurados por técnicos que apelam para a necessidade da melhoria das condições salariais e meios de transporte. segundo João Pedro Franco.

Tempo

Multimédia