Províncias

Sobas apoiam a diversificação

Genivaldo Fonseca e Venâncio Víctor | Malanje

O Governador provincial de Malanje, Norberto dos Santos,  reuniu-se domingo com os regedores e sobas da localidade do  Mucuichi, município de Cacuso. O governador ouviu das autoridades tradicionais os problemas vividos pelas comunidades locais, desde a falta de um posto de saúde, água potável e  energia eléctrica.

Chefes das comunidades prometeram levar os camponeses a aumentar a produção agrícola
Fotografia: Genivaldo da Fonseca | Malanje

O governador Norberto dos Santos apelou a população para manter a calma, na medida em que os problemas vão ser resolvidos paulatinamente. Sobre o problema da água e da luz, o governador reafirmou a preocupação permanente do governo quanto à sua solução.
Norberto dos Santos disse  que a questão da Escola do II Ciclo para o Mucuichi é um projecto que o governo tem em carteira para a sua execução em  2016 e todos os 14 municípios da província vão ser abrangidos. Norberto dos Santos aproveitou para oferecer bens de primeira necessidade aos regedores e sobas, ewntre os quais diverso material de cultivo agrícola composto de catanas e enxadas. O regedor geral de Cacuso, José de Barros, disse que o encontro serviu para mostrar ao governante as dificuldades que o município vive  em especial a localidade Mucuichi e acrescentou que  as orientações dadas pelo governador da província vão ser materializadas, fundamentalmente aquelas que têm a ver com a diversificação da economia.
 
Movimento hospitalar

O banco de cirurgias e ortopedia do Hospital Regional de Malanje registou no fim de semana a entrada de 120 pessoas com doenças diversas, dos quais 23 feridos por arma branca. De acordo com o chefe da unidade hospitalar, Armando Coelho Balanga, do número de ocorrências registadas nove doentes ficaram internadas e 111 receberam tratamento ambulatório. O responsável destacou o registo de seis acidentes de viação e duas queimaduras, não se tendo registado nenhuma vítima mortal. O Hospital Regional de Malanje, tem uma capacidade de 20 camas, 18 enfermeiros e 16 médicos.
No sector de Medicina, foram registados 109 casos, dos quais 87 tiveram tratamento ambulatório e 25 pessoas ficaram internadas. Durante o final de semana foram diagnosticados 25 casos de malária, doentes com problemas cardiovasculares, hipertensão arterial, acidentes cardiovasculares, casos de insuficiência cardíaca, febre tifóide e pneumonia. Foram registados ainda  casos de gastrite, tuberculose, de diarreias agudas, coma etílico, cirrose hepática e o óbito de um cidadão por pneumonia.

Formação de gestores

Gestores públicos da província de Malanje participam desde ontem numseminário sobre a comercialização de derivados de petróleo. Durante a acção formativa os participantes vão abordar assuntos  relacionados com a contextualização do mercado de derivados de petróleo e dos postos de abastecimento em Angola, prevenção e protecção contra os incêndios.
Os participantes discutem ainda questões ambientais em postos de abastecimento, segurança no transporte, descarga e abastecimento de combustíveis.
O vice-governador provincial de Malanje para o Sector Técnico e Infra-estruturas, Gabriel Pontes, destacou a entrada em funcionamento do novo posto de abastecimento de combustível da Sonangol no bairro da Catepa, que vem contribuir para a promoção de mais postos de trabalho e a oferta de combustível.

Tempo

Multimédia