Províncias

Sociedade investe em meios de apoio

A Sociedade de Desenvolvimento do Pólo Agro-Industrial de Capanda (SODEPAC) investiu o equivalente a 6,99 milhões de dólares na construção de uma estrada e instalação de 176 de linhas de energia eléctrica para apoio ao projecto, disse o presidente do Conselho de Administração.

Carlos Fernandes fez o anúncio durante a visita ao Pólo Agro-Industrial de Capanda, de 130 mil hectares que se estendem pelos municípios de Cacuso, Malanje e Cangandala.
 A empresa está a construir duas subestações de energia, com transformadores de 15 mega watts, nos municípios de Cacuso e Malanje destinada a abastecer de energia eléctrica todas as infra-estruturas do pólo. Neste momento, afirmou, estão criadas as condições para se investir no pólo de Capanda, que é inaugurado em Março.
No pólo estão instaladas seis grandes empresas e 31 de pequenas dimensões, disse e responsável, que revelou que o objectivo seja acelerador da diversificação da economia e atraia investidores. O vice-governador provincial de Malanje para o sector Económico, Domingos Eduardo,  realçou a importância do pólo na estratégia do Executivo de diversificação da economia nacional.
No Pólo Agro-Industrial de Capanda estão as fazendas Pedras Negras, Biocom, Pungo Andongo e a Companhia Alimentar de Malanje (CAM), que produzem milho, arroz, trigo, soja, feijão e cana-de-açúcar, entre outros produtos.

Tempo

Multimédia