Províncias

Universidade em Malange recebe muitas solicitações

Luísa Victoriano | Malange

Os cursos de licenciaturas em Pedagogia e Matemática, na unidade orgânica de Malange da Universidade Luegi-a-Nkonde, conta com 300 vagas para este ano lectivo.

Os cursos de licenciaturas em Pedagogia e Matemática, na unidade orgânica de Malange da Universidade Luegi-a-Nkonde, conta com 300 vagas para este ano lectivo.
O coordenador da comissão de gestão da unidade, Jutema Hebo Quitumba, disse ontem que o curso de Pedagogia dispõe de 200 das 300 vagas.
As inscrições para candidatos arrancaram no dia 5 de Janeiro e terminam a 20 do corrente. Os exames de acesso estão marcados para 8 de Fevereiro, referiu o responsável da unidade orgânica da Universidade Lueji-a-Nkonde.
Jutema Quitumba explicou que os interessados a devem fazer-se acompanhar da cópia do certificado original autenticada, cinco fotografias do tipo passe, atestado médico, cartão de vacinas e uma declaração de serviços.
O coordenador salientou que os candidatos devem ainda adquirir uma ficha de inscrição e pagar emolumentos no valor de 2.000 kwanzas, que são depositados na conta da universidade no Banco Millenium.
Uma das maiores dificuldades da universidade, disse, prende-se com a falta de instalações próprias para o funcionamento da unidade orgânica de Malange da Universidade Luegi-a-Nkonde, o que impede o alargamento de cursos e recepção de mais estudantes. “Continuamos a ser inquilinos da Faculdade de Medicina, ocupando algumas salas desse estabelecimento escolar”, lamentou o responsável.
Tendo em conta as variantes que os cursos apresentam, Jutema Quitumba disse que a universidade precisa de 14 de mais docentes. Para o ano académico que se avizinha, a universidade conta com uma biblioteca e uma sala de informática, destinadas a facilitar as pesquisas dos estudantes e melhorar o cumprimento do plano curricular.

Selecção sem corrupção

O coordenador da comissão de gestão assegurou a transparência na selecção dos candidatos para os cursos de Pedagogia e Matemática, a fim de se conseguir os melhores estudantes.
O ano lectivo 2011 da universidade foi considerado positivo por Jutema Hebo Quitumba porque foi cumprido o plano curricular. O ano académico transacto foi frequentado por 400 estudantes.

Tempo

Multimédia