Províncias

Universitários doam material didáctico

VENÂNCIO VICTOR | Malange

Com vista a minimizar as dificuldades da população estudantil na comuna do Pungo Andongo, município de Cacuso, a Comunidade dos Estudantes Universitários, Naturais e Amigos de Malange, doou recentemente um lote de material didáctico diverso.

Jackson Quima garante mais apoios
Fotografia: Eduardo Cunha/Malange

Com vista a minimizar as dificuldades da população estudantil na comuna do Pungo Andongo, município de Cacuso, a Comunidade dos Estudantes Universitários, Naturais e Amigos de Malange, doou recentemente um lote de material didáctico diverso.
De acordo com o vice-presidente da referida comunidade, Jackson António Quima, do lote de material escolar doado figuram 500 esferográficas, cadernos e livros. No âmbito das suas obrigações humanitárias, os estudantes doaram igualmente sangue ao Centro de Hemoterapia do Hospital Geral de Malange.
O responsável esclareceu que este gesto se enquadrou nas festividades de mais um aniversário da comunidade de intelectuais da província da imponente Palanca Negra gigante.
Instalada em oito províncias de Angola, onde existem instituições de ensino superior, a organização de Estudantes Universitários e Técnicos Superiores Naturais e Amigos de Malange conta neste momento com 280 membros.
O vice-presidente da organização sublinhou que o órgão vai contar, ainda este ano, com mais 14 membros, que farão grau de mestrado no Brasil.
O objectivo da criação desta comunidade é congregar todos os estudantes que são técnicos superiores, naturais e amigos de Malange, para que cada um possa contribuir com as suas experiências e saber em prol do desenvolvimento da região.
António Quima aplaudiu a política em curso do governo de Malange, consubstanciada na atribuição de residências aos quadros e cedência de terrenos para a autoconstrução, o que, na sua perspectiva, vai permitir cativar muitos técnicos superiores que vivem na diáspora a regressarem a Malange.
A Comunidade de Estudantes Naturais e Amigos de Malange realizou na terça-feira uma reunião com os estudantes da Faculdade de Medicina, em Malange, para abordar assuntos relativos ao curso.

Tempo

Multimédia