Províncias

Vias de acesso intransitáveis

Venâncio Victor | Malanje

O avançado estado de degradação das vias de acesso à Escola de Formação de Professores e ao Instituto Superior Politécnico de Malanje tem estado a provocar grandes embaraços ao trânsito e a aumentar o absentismo dos estudantes.

Chuva tem agravado a situação da estrada
Fotografia: Genivaldo da Fonseca | Malanje

Directores e estudantes reclamam igualmente pela falta de iluminação pública, o que tem facilitado a  acção dos marginais.
O mau estado de conservação  da via foi agravado com as constantes chuvas, criando dificuldades ao tráfego rodoviário.
O director-geral do Instituto Superior Politécnico, Francisco Jacucha, exortou a Polícia Nacional a colocar uma esquadra móvel junto ao estabelecimento de ensino, para acabar com os actos de vandalismo.
As duas vias de acesso que ligam a Estrada Nacional 140 ao Instituto Superior Politécnico de Malanje estão intransitáveis devido às chuvas, o que faz com que os estudantes faltem às aulas. “No período nocturno os motoristas dos transportes públicos recusam-se a fazer este trajecto quando chove” explicou Francisco Jacucha, acrescentando que outra preocupação tem a ver com os elevados gastos com a compra de combustíveis para o gerador, a única fonte de energia. O estudante de Psicologia João Ferraz Vunge considera que se as vias de acesso continuarem degradadas, vai ser difícil os estudantes terminarem o ano lectivo, numa altura em que a chuva continua a cair intensamente sobre a cidade de Malanje.
“O Governo Provincial tem de fazer alguma coisa para minimizar a situação e melhorar a circulação rodoviária”, disse.

Tempo

Multimédia