Províncias

Xandel volta a consumir água potável

Francisco Curihingana | Malanje

Depois 35 anos paralisado, o sistema de abastecimento de água potável da comuna de Xandel, município do Quela, voltou a entrar em funcionamento. O empre­endimento foi inaugurado pelo governador provincial de Malanje, Norberto dos Santos.

Com a Paz as autoridades da província abraçaram o desafio de promover projectos ligados à melhoria da qualidade de vida da população
Fotografia: Eduardo Cunha

O director provincial da Energia e Água, João Pascoal, disse que as obras consentiram na reabilitação e ampliação do sistema de captação  e distribuição de água de Xandel. A água é captada num manancial na montanha de Cabatuquila, a quatro quilómetros da sede da comuna.
Ao longo da conduta foram colocadas ventosas, para expulsar o ar do seu interior. Foi construído um reservatório em betão armado com capacidade para 40 metros cúbicos. Na represa foi instalado um sistema de tratamento, filtro de areia e um reservatório de que acumula 15 metros cúbicos por hora.
João Pascoal salientou que, além dos reservatórios, foram construídos cinco fontanários, um número que pode vir a crescer para beneficiar mais localidades.  A obra, informou o director provincial de Energia e Água, custou mais de 35 milhões de kwanzas e vai beneficiar 2.200 pessoas. O governador de Malanje assegurou que as autoridades vão continuar a resolver os problemas das populações, com destaque para a energia eléctrica, escolas, centros e postos de saúde e água potável. Norberto dos Santos aconselhou as entidades administrativas do município do Quela a alargarem o projecto de abastecimento de água a outras localidades recorrendo ao Programa Água para Todos.  Na região, refira-se, estão em curso diversas acções para melhorar a qualidade  de vida.

Tempo

Multimédia