Províncias

Malária e asma causam mortes

Pelo menos sete pessoas morreram nos últimos sete dias no banco de urgência do Hospital Provincial do Moxico, vítimas de malária, asma e outras doenças respiratórias.

Pelo menos sete pessoas morreram nos últimos sete dias no banco de urgência do Hospital Provincial do Moxico, vítimas de malária, asma e outras doenças respiratórias.
A chefe do banco de urgência, Margarida Rosa Luciano, disse sábado, que durante a semana passada, foram registados 598 doentes naquela unidade hospitalar, dos quais  505 tiveram alta.
Em relação à semana anterior, registou-se um aumento de 154 entradas e cinco casos de morte por intoxicação com bebidas alcoólicas. 
Dos pacientes, 28 foram internados nos serviços de pediatria, 24 na cirurgia, 23 na medicina, nove na ortopedia e um no centro de nutrição.
Margarida Rosa apontou a malária, as doenças respiratórias, as diarreias agudas e acidentes vasculares cerebrais como as patologias com mais frequência na região.

Tempo

Multimédia