Províncias

Mbanza Kongo reforça abastecimento de água

Fernando Neto | Mbanza Kongo

A capacidade de abastecimento de água potável aos habitantes da cidade de Mbanza Kongo e bairros periféricos vai ser aumentada de 110 para 1.050 metros cúbicos por hora, com a entrada em funcionamento, em Agosto, da nova Central de Captação, Tratamento e Distribuição de Água (ETA), construída no rio Lueji.

Mais de 15 mil habitantes vão deixar de percorrer longas distâncias em busca de água
Fotografia: DR

O crescimento demográfico registado na cidade de Mbanza Kongo, desde 1964, data da construção da antiga ETA, levou o Executivo a aumentar a capacidade do abastecimento de água potável, para satisfazer a demanda.

Diasonama Nsoki, responsável do departamento de abastecimento de água do Governo Provincial do Zaire, disse ao Jornal de Angola que a capacidade de armazenamento do novo sistema de água passa de 450 para três mil litros de água, repartidos em um reservatório elevado de mil litros e outro de dois mil litros.

Em termos globais, o novo sistema de água, que recebe visitas constantes das autoridades, possui capacidade para tratar mais de mil metros cúbicos. A rede de distribuição de água à cidade de Mbanza Kongo é composta por um ramal de 95.5 quilómetros de extensão, além das condutas adutoras, que asseguram o transporte de água até a ETA, sendo uma com 1,9 quilómetros e outra com dez.

Notíci em desenvolvimento...

Tempo

Multimédia